Apoio à independência da Escócia perde pontos em pesquisa uma semana antes de votação

Os partidários pela manutenção da Escócia no Reino Unido recuperaram a liderança que havia sido tomada pelos separatistas, mostrou uma pesquisa da YouGov divulgada apenas uma semana antes dos escoceses votarem em um referendo que decidirá sobre a independência do país.

REUTERS

11 Setembro 2014 | 19h44

A pesquisa YouGov para os jornais Times e Sun colocou os favoráveis à união com 52 por cento dos votos, pouco a frente dos defensores da independência escocesa, com 48 por cento, excluindo aqueles que ainda não sabem como vão votar.

"Essa é a primeira vez que o Não ganhou votos desde o início de agosto", disse o presidente da YouGov Peter Kellner em um comentário. "Embora o Não esteja de novo na frente, a campanha pelo Sim manteve a maioria dos ganhos desde o início de agosto."

A YouGov, uma das mais respeitadas entidades de pesquisas da Grã-Bretanha, consultou 1.268 pessoas entre 9 e 11 de setembro. Os escoceses votam no próximo dia 18.

A última pesquisa da YouGov no final de semana mostrou que o Sim estava na frente com 51 por cento das intenções de voto, revertendo uma vantagem de 22 pontos da campanha anti-independência "Better Together" ("Melhores juntos") em um mês, para assumir uma vantagem de dois pontos.

(Reportagem de Alistair Smout e Guy Faulconbridge)

Mais conteúdo sobre:
ESCOCIAPESQUISAREFERENDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.