Após 137 dias no hospital, vítima recebe alta

Uma das duas pessoas feridas na tragédia da boate Kiss, em Santa Maria (RS), que ainda estavam internadas deixou o hospital nesta quarta-feira. A funcionária pública Renata Pase Ravanello, de 25 anos, recebeu alta do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, depois de 137 dias de tratamento contra intoxicação, queimaduras e infecção.

AE, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 19h32

Outro jovem, Ritchieli Pedroso Lucas, de 19 anos, permanece sob cuidados médicos no Hospital Mãe de Deus. Formada em Direito, Renata é funcionária da prefeitura de Júlio de Castilhos, próxima a Santa Maria, mas vai demorar a retomar a rotina. Ao sair do hospital, ela lembrou que terá de seguir em tratamento e ficar distante dos animais de estimação por algum tempo ainda.

Tudo o que sabemos sobre:
Kissvítimahospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.