Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Após 2º revés de Cuca, Palmeiras não descarta novas contratações

Cuca ainda avalia elenco para definir necessidade de reforços

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

21 Março 2016 | 18h49

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, afirmou que aguarda uma avaliação do elenco pelo técnico Cuca e poderá fazer mais contratações. "Vai avaliar, se for necessário, o Palmeiras já mostrou que faz o que tem de fazer. O Palmeiras vem em um processo, há um ano e dois meses, de reformulação. Precisava trocar o elenco todo, por isso vieram muitas contratações. Precisamos, na verdade, ter atitude. Nunca faltou vontade, mas atitude de time grande, organizar", afirmou o dirigente.

Em 2015, o clube fez 25 contratações; neste ano, mais oito. Na virada do ano, saíram o goleiro Aranha, os zagueiros Jackson e Victor Ramos, os volantes Andrei Girotto e Amaral e o atacante Kelvin. Vieram o goleiro Vagner, os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, os volantes Rodrigo e Jean, os meias Régis e Moisés e o atacante Erik. Por enquanto, Dracena é o único com vaga na equipe titular. 

Logo após a derrota para o Osasco Audax, a segunda consecutiva desde que assumiu o Palmeiras, Cuca disse que está avaliando o elenco e que pedirá reforços, se achar necessário. O dirigente isentou o novo treinador de culpa nos maus resultados.

"O Cuca não tem responsabilidade nenhuma nisso aí, nem para o bem e nem para o mal. Estamos com um problema de equipe desde o ano passado. Estão insistindo em falar que o Marcelo (Oliveira) foi trocado agora. O Marcelo poderia ter sido trocado no fim do ano, nós não trocamos, trocamos jogadores. Ainda é reflexo da não evolução do Palmeiras. O Cuca precisa do tempo dele, a responsabilidade dele é zero. A responsabilidade é dos jogadores e da direção", afirmou Mattos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.