Após 24 dias de internação, Niemeyer reaparece em público. De bom humor

O arquiteto Oscar Niemeyer fez ontem sua primeira aparição pública após 24 dias de internação e duas cirurgias abdominais. Niemeyer, de 101 anos, lançou no Memorial Roberto Silveira, em Niterói, o quinto número da revista Nosso Caminho, editada por ele e pela mulher, Vera Lúcia. Ele desembarcou da Mercedes que o trouxe de Copacabana para o outro lado da Baía de Guanabara usando uma cadeira de rodas.

Márcia Vieira, RIO, O Estadao de S.Paulo

26 de novembro de 2009 | 00h00

Apesar do calor, ele estava bem humorado e surpreso diante de tanta gente. Cem pessoas foram ver o maior arquiteto brasileiro de perto. "Mas, Jorge, eu queria uma coisa simples", brincou com o prefeito Jorge Roberto da Silveira (PDT). Niemeyer não fez discurso. Passou o tempo todo sentado ao lado da mulher. "Estou aqui de intrometido." O arquiteto estava feliz por rever o Memorial, desenhado por ele para o Caminho Niemeyer, que reúne outras sete construções. Niemeyer completa 102 anos no dia 15. Não vai fazer festa. "É muita idade. Não fica bem. Vou deixar as portas abertas para os amigos aparecerem."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.