Após acidente, funcionários do Playcenter depõem hoje

Alguns funcionários do Playcenter, na zona oeste de São Paulo, serão ouvidos nesta tarde como parte do inquérito aberto pela Polícia Civil sobre o acidente ocorrido ontem em uma montanha-russa do parque de diversões. De acordo com o delegado titular do 23º Distrito Policial Marco Aurélio Batista, o inquérito foi aberto para investigar se houve negligência na operação ou na manutenção do brinquedo Looping Star, que deixou 16 feridos, após a colisão entre duas composições, devido a um problema no freio de uma delas.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

24 de setembro de 2010 | 13h58

As vítimas, atendidas no ambulatório do Playcenter e, depois, encaminhadas ao Hospital Metropolitano, deverão ser ouvidas na próxima semana, de acordo com o delegado. Apenas uma pessoa permanece internada. Os feridos foram atendidos por duas ambulâncias do parque e em um carro particular, de acordo com informações do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar. Segundo o delegado, representantes do parque alegaram que estavam preocupados no socorro das vítimas e na intervenção do brinquedo e não procuraram a polícia para avisar sobre o acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.