Após arrendar 5 unidades em MT, JBS demite 742 em SP

Depois de arrendar cinco unidades de bovinos em Mato Grosso no início do mês, o JBS anunciou nesta terça-feira demissões de 742 funcionários em três plantas situadas no Estado de São Paulo, em um "movimento contínuo de melhorias da eficiência da empresa", afirmou o frigorífico.

REUTERS

14 Julho 2009 | 15h35

Maior companhia de carne bovina do mundo, com atuação na Argentina, Austrália, Europa e Estados Unidos, além do Brasil, o JBS demitiu 276 funcionários em Barretos, 208 em Presidente Epitácio e 258 em Andradina, cidades do interior paulista.

De acordo com o JBS, as demissões não estão relacionas à queda nas exportações brasileiras de carne bovina no primeiro semestre .

"Trata-se de um movimento de melhorias no fluxo de trabalho, na produtividade", explicou a assessoria de imprensa do JBS, por e-mail.

O gado produzido em Mato Grosso, maior produtor de bovinos do Brasil, é mais barato que o criado em São Paulo, principal centro consumidor nacional.

O frigorífico tem unidades em 9 Estados brasileiros.

"A JBS está em constante expansão no Brasil. No dia 6 de julho, por exemplo, comunicamos a incorporação de cinco unidades de abate e desossa que vão ampliar a nossa capacidade de abate em 5.150 animais/dia", ressaltou a assessoria.

De acordo com a empresa, o arrendamento das cinco unidades em Mato Grosso, elevou a capacidade de abate da companhia acima de 26 mil animais/dia no Brasil, ao mesmo tempo em que representa a criação de mais de 3 mil postos de trabalho.

Duas das unidades arrendadas pertenciam ao frigorífico Quatro Marcos, e as outras três incorporadas pelo JBS tinham sido arrendadas pelo Quatro Marcos, que sofreu com a crise financeira internacional e a escassez de crédito.

"Com o crescimento do rebanho brasileiro e com a melhora do comércio internacional, a companhia continuará a crescer neste mercado, atingindo as metas traçadas na época da abertura de capital em 2007", declarou a companhia, reiterando "compromisso de comprar animais somente de propriedades que sustentam o meio ambiente e que cumprem com as leis vigentes no país".

O JBS possui uma capacidade global de abate de 73,9 mil cabeças/dia, com operações em 25 plantas industriais.

(Reportagem de Roberto Samora)

Mais conteúdo sobre:
RPT APS ARRENDAR 5 UNIDADES EM MT JBS DEMITE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.