Após blitz, SP aplica R$ 131 mil em multas

A Polícia Ambiental de São Paulo aplicou R$ 131 mil em multas de 50 autos de infração ambiental nos últimos dois dias em uma blitz nas fronteiras estaduais e nas principais madeireiras. A ação fez parte do programa São Paulo Amigo da Amazônia, criado pela Secretaria do Meio Ambiente em 2007 para coibir a comercialização de madeira ilegal. Duas pessoas foram presas em flagrante e 343 veículos, vistoriados nesses dois dias. Foram detectadas irregularidades de documentação, mas não madeira ilegal.

Rejane Lima, O Estado de S.Paulo

08 Junho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.