Após chuvas, Porto de Itajaí fica fora de operação

O Porto de Itajaí, em Santa Catarina, segue com suas atividades paralisadas após as chuvas registradas nos últimos dias. As operações estão suspensas desde sexta-feira, 20, à tarde e devem continuar assim pelo menos até quarta-feira, 25, à tarde, informou a Superintendência do Porto de Itajaí. De acordo com a administração portuária, a correnteza de 7 nós coloca em risco as embarcações e, para a volta das operações, é preciso que a velocidade das águas fique em 1 nó. Depois que a correnteza diminuir, o porto ainda precisa verificar pontos de assoreamento no rio Itajaí-Açu.

TÁSSIA KASTNER, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 12h30

Até o fim da manhã desta terça-feira, 24, 15 navios deixaram de atracar, dos quais 11 aguardam a abertura da barra para atracação. Um total de 5.259 contêineres (3.721 contêineres de importação e 1.538 contêineres de exportação) deixou de ser movimentado desde sexta-feira. Considerando apenas os custos logísticos de movimentação de cada contêiner, o prejuízo chega a R$ 8,4 milhões.

O Porto de Itajaí exporta principalmente cargas em contêineres, sendo que mais de 50% deles contêm carne de frango congelada. No entanto, a autoridade portuária não soube informar qual a proporção dos contêineres parados está carregado com carnes.

O Porto de São Francisco do Sul, também em Santa Catarina, não teve suas atividades prejudicadas pelas fortes chuvas, já que fica em uma área de baía, com águas calmas. Por lá, são exportados grãos, entre outros produtos.

Mais conteúdo sobre:
chuvasSCPorto de Itajaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.