Divulgação
Divulgação

Após derrota, Santos busca se reerguer no clássico contra Corinthians

Eventual tropeço no domingo pode conturbar clima

O ESTADO DE S. PAULO

29 Fevereiro 2016 | 07h00

A derrota do Santos na noite de ontem para o Red Bull Brasil, por 2 a 0, pela 7ª rodada do Campeonato Paulista, acabou com a invencibilidade na temporada. O clássico contra o Corinthians, no domingo, na Vila Belmiro, pela 8ª rodada da competição, é o momento ideal para o clube voltar a ganhar e evitar um ambiente mais conturbado, que começou com a recente tentativa frustrada de negociação do atacante Ricardo Oliveira com o futebol chinês.

Jogadores e técnicos saíram de campo apontando o clássico como a maneira de dar a volta por cima. "Vamos motivado para o jogo. É uma partida boa de jogar. Nada melhor que encarar o Corinthians e sair com um resultado positivo", afirmou o meia Lucas Lima, um dos melhores atletas pelo lado santista. 

O treinador Dorival Junior reconheceu que o time fez um jogo abaixo do padrão santista, mas pediu calma. "Não é terra arrasada. O que vínhamos fazendo até então não vai por água abaixo. Será um jogo dificílimo no domingo, mas o Santos vai estar forte", disse. 

O Corinthians é o único grande que venceu na rodada e está invicto na competição, com cinco vitórias e dois empates, na primeira posição do grupo D e melhor campanha. O Santos também lidera seu grupo, o A, com 12 pontos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.