Após deslizamento, Defesa civil interdita 37 imóveis em Itapecerica da Serra

Busca por vítima de 20 anos durou mais de 24 horas e teve auxílio de cães farejadores. Acidente matou três pessoas

Bruno Ribeiro, Estadão Conteúdo

27 Dezembro 2015 | 19h38

Atualizada às 22h37

A Defesa Civil interditou 37 imóveis na região onde um deslizamento destruiu três casas e atingiu oito pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros, em Itapecerica da Serra por causa do risco de novos acidentes. No acidente, quatro pessoas morreram. O corpo de uma mulher de 20 anos, que estava desaparecida sob os escombros, foi encontrado na noite deste domingo, 27.

O deslizamento ocorreu no começo da noite de sábado, 26, na Rua Nhá Jorda, no Jardim Mirante, próxima ao centro da cidade. Durante a madrugada, os agentes retiraram três corpos e resgataram outras três pessoas, sendo uma delas uma bebê de um ano e oito meses. Eles ainda procuram a mãe da bebê, Yasmin Morchiela da Silva. Uma pessoa foi socorrida por moradores, segundo a corporação.

"É uma operação delicada. Os escombros estão sendo retirados com pás, marretas e com as mãos. Não podemos usar máquinas porque não sabemos onde a vítima está", informou o coronel dos bombeiros Roberto Lago, comandante do 18º Batalhão da corporação, responsável por Itapecerica, durante as buscas pela última vítima.

Dois cães treinados para procurar vítimas com vida se alternam à escavação. "Depois de 72 horas, se não encontrarmos a vítima, aí passaremos a usar também cães que localizam corpos", informou o militar.

Para a Defesa Civil da cidade, o acidente está relacionado à construção irregular de uma outra casa no terreno onde houve a tragédia. "Essa obra provocou movimentação de terra e fez o morro ceder", disse o secretário de Defesa Civil de Itapecerica, Maurício Passos da Silva Rocha.

Toda a área onde a terra cedeu já era considerada de risco, segundo a Defesa Civil.

Mais conteúdo sobre:
Defesa CivilRoberto Lago

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.