Reprodução
Reprodução

Após mais de 12 horas, Bombeiros trabalham no rescaldo de incêndio no Museu da Língua Portuguesa

Serviço de trens e ônibus que atendem à região da Luz sofreram alterações na manhã desta terça-feira, 22

Raquel Brandão, O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2015 | 07h29

Após mais de 12 horas do incêndio que atingiu na tarde desta segunda-feira, 21, o edifício do Museu da Língua Portuguesa, na Praça da Luz, equipes do Corpo de Bombeiros continuam o trabalho de rescaldo. Ao menos três viaturas e dez homens foram deslocados para a região. Por causa do incêndio, o serviço de trem e a circulação de ônibus sofreram alterações.

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) suspendeu o serviço das linhas 7-Rubi e 11-Coral na estação da Luz. Para as duas linhas, os usuários devem descer nas estações Palmeiras - Barra Funda e Brás, respectivamente. Quem utiliza a linha 7-Rubi pode fazer conexão para a linha 8-Diamante e descer na estação Júlio Prestes, a 250 metros da estação da Luz. Para os passageiros da linha 11-Coral, a sugestão é utilizar as linhas do Metrô, que estão funcionando normalmente. A estação da Luz faz parte do trajeto das linhas 1-Azul e 4-Amarela.

Para os passageiros de ônibus, também há mudanças. As oito linhas que passam pela rua lateral ao prédio do museu sofreram desvios, segundo a SPTrans. Os ônibus estão sendo direcionados para as seguintes vias do entorno: Rua Mauá, Av. Casper Líbero, Rua do Seminário, Rua Brigadeiro Tobias e ao acesso à Av. Prestes Maia. Às 7h da manhã, a região concentrava poucos pontos de congestionamento. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.