Após protesto, Cabral convoca reunião de emergência

Após mais um protesto nas imediações de sua casa, no Leblon, zona sul do Rio, o governador Sérgio Cabral (PMDB) convocou para a manhã desta quinta-feira, 18, uma reunião de emergência no Palácio Guanabara, sede do governo. Estão presentes o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, a chefe da Polícia Civil, Martha Rocha, o comandante da Polícia Militar, Coronel Erir da Costa Filho, e os secretários da Casa Civil, Regis Fichtner, e de Governo, Wilson Carlos Carvalho.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 10h05

O Ato de quarta-feira, 17, teve quebra-quebra e terminou em confronto entre policiais militares e manifestantes. Agências bancárias, lojas e pelo menos uma banca de jornais foram depredadas. O grupo gritava contra o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes e criticava o uso de verba pública na Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Mais conteúdo sobre:
protestosCabralreunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.