Após reunião com secretário, termina o protesto em SP

O protesto de ativistas pró-moradia que estava em frente à Prefeitura de São Paulo no início da tarde desta quarta-feira, 3, terminou de forma pacífica por volta das 14h. O Viaduto do Chá chegou a ser bloqueado nos dois sentidos por cerca de 100 pessoas. Por volta das 12h30, uma comissão se reuniu com o secretário-adjunto de Relações Governamentais do município, José Pivatto. Eles firmaram um acordo para uma reunião com o secretário municipal de Habitação, José Floriano de Azevedo Marques Neto, e o subprefeito da Sé, Marcos Barreto, nos próximos dois dias.

LUCIANO BOTTINI FILHO, Agência Estado

03 de julho de 2013 | 14h57

O grupo é contra a desalojamento de cerca de 60 famílias que estão em edifício invadido desde janeiro de 2013, na Rua General Couto de Magalhães, na região da Luz, no centro de São Paulo. Os manifestantes também pediram melhorias na política de moradia na cidade para os sem-teto.

Mais conteúdo sobre:
protestosSPPrefeitura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.