Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Após temporal, SP amanhece com árvores caídas e alagamento

Túnel que faz a ligação entre as Avenidas Paulista e Doutor Arnaldo está alagado desde as 2 horas

THIAGO MORENO, Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 09h36

SÃO PAULO - Após o temporal que atingiu São Paulo na madrugada desta quarta-feira, 15, a cidade amanheceu com sete árvores caídas bloqueando vias e um ponto de alagamento.

O Túnel José Roberto Fanganiello Melhem, que faz a ligação entre as Avenidas Paulista e Doutor Arnaldo, está alagado desde as 2 horas. A faixa da direita no sentido centro seguia interditada por volta das 9h30. Apesar do bloqueio, o tráfego no local fluía normalmente.

Próximo dali, entre as Ruas Sergipe e Consolação, uma árvore derrubada pelo vento dificultava a passagem dos motoristas que se dirigiam ao centro. As Ruas José Brito Broca, Donaciano, Padre Carvalho, Racine e as Avenidas Parada Pinto e Nova Cantareira também foram parcialmente bloqueadas pela queda de árvores.

A Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) registrava 76 quilômetros de lentidão na capital paulista por volta das 9h30, trânsito considerado dentro da média para o horário. A Marginal do Pinheiros era a via mais movimentada, com 6,5 quilômetros de tráfego lento no sentido Interlagos, entre a Ponte do Jaguaré e o Viaduto Cidade Jardim.

Segundo a Climatempo, faz muito calor - a temperatura máxima chega a 34ºC - e chove em São Paulo nesta quarta-feira.

Mais conteúdo sobre:
TrânsitoSPAlagamentochuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.