Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

Aposte nas farinhas

Feitas de cascas de frutas, elas contribuem para o bom funcionamento do organismo e ajudam a emagrecer

Marcela Rodrigues Silva - O Estado de S.Paulo,

23 de maio de 2011 | 06h00

Quando descartamos as cascas das frutas que consumimos, ignoramos a riqueza de seus nutrientes. Com tantas vitaminas e fibras quanto a polpa, esta parte antes tão desprezada também está se popularizando graças a uma nova forma de consumo. De maracujá, maçã, uva, laranja e até de banana verde, as farinhas de casca de fruta podem fazer o organismo funcionar melhor e até auxiliar numa dieta de emagrecimento.

"Acrescentar esse tipo de farinha à alimentação de todos os dias é uma maneira barata e prática de consumir fibras vegetais", afirma a nutróloga Sylvana Braga, membro da Academia Brasileira de Medicina Antienvelhecimento.

Especialista em nutrição funcional, Priscila Di Ciero explica que, de maneira geral, as farinhas de fruta contribuem para o bom funcionamento do intestino e para a saciedade da fome, por isso atuam no emagrecimento. "Por causa das fibras, elas tornam mais lenta a absorção de carboidratos e gorduras. Assim, há controle de glicemia e de colesterol no sangue", orienta Priscila.

Nessa versão, a casca de fruta também pode garantir um benefício específico. A farinha de banana verde, por exemplo, é indicada para diabéticos por controlar a glicose (leia mais no texto ao lado). É claro que, para alcançar esse objetivo, é preciso ter outros hábitos saudáveis. Segundo a nutricionista Thais Souza, da Rede Mundo Verde, o consumo de fibras deve ser acompanhado da ingestão de muitos líquidos, especialmente água.

 

"O funcionamento do intestino fica comprometido quando se consome fibras e não se bebe líquidos", afirma a nutricionista. Mas Thais alerta: o mesmo pode acontecer se o consumo for feito de forma exagerada.

Duas colheres de sopa por dia são suficientes para desfrutar dos benefícios desse tipo de farinha. Mas atenção: ela não substitui nenhuma refeição. Deve, sim, ser adicionada a outros pratos, como iogurtes, sopas, vitaminas, sucos, saladas e purês. E também não pode ser usada como farinha branca, mais comum em receitas.

Caseira. Facilmente encontrada em casas de produtos naturais, a farinha de casca de fruta também pode ser feita em casa (confira na página ao lado). Nesse caso, é preciso ter alguns cuidados: armazene em pote de vidro, bem tampado e longe da umidade; consuma em um mês; e higienize bem, deixando as frutas de molho por 15 minutos em 1 litro de água com 1 colher das de sopa de água sanitária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.