Arábia Saudita culpa país estrangeira por revolta no leste

A Arábia Saudita acusou um país estrangeiro de estar incitando revolta em sua região leste, rica em petróleo e de maioria xiita, palco de frequentes protestos no início deste ano, dizendo que 14 pessoas ficaram feridas em confrontos.

REUTERS

04 de outubro de 2011 | 12h45

O governo saudita, no entanto, não identificou o país.

"Um país estrangeiro está tentando minar a segurança nacional ao incitar a revolta na (cidade de) al-Qatif", disse o Ministério do Interior, segundo a televisão estatal saudita.

A referência a um país estrangeiro que estaria interferindo na região xiita é geralmente uma citação ao Irã, potência xiita e rival saudita.

Dos feridos, 11 eram seguranças e três civis, segundo o comunicado.

(Reportagem de Firouz Sedarat)

Mais conteúdo sobre:
ASAUDITACULPAREVOLTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.