Arábia Saudita estabelece orçamento recorde para 2013

A Arábia Saudita estabeleceu um orçamento estatal recorde para o próximo ano, com os maiores preços do petróleo permitindo que o país aumente os gastos com projetos de bem-estar social e infraestrutura, ajudando a nação a evitar as tensões sociais vistas em outras regiões do mundo árabe.

Reuters

29 Dezembro 2012 | 11h55

O governo planeja gastar 820 bilhões de riais (219 bilhões de dólares), informou a emissora de televisão estatal após o ministro das Finanças, Ibrahim Alassaf, apresentar o orçamento ao Rei Abdullah neste sábado.

A quantia é 19 por cento maior do que os 690 bilhões de riais que a nação, maior exportadora de petróleo do mundo, usou em 2012, embora esteja abaixo dos estimados 853 bilhões de riais que o governo gastou na realidade.

É tradição da Arábia Saudita fazer projeções conservadoras tanto em gastos quanto em receitas com o petróleo, deixando espaço para grandes excedentes em despesas e arrecadação em relação aos previstos inicialmente.

O plano orçamentário do próximo ano considera receitas de 829 bilhões de riais, informou a televisão estatal. Isso significa um excedente orçamentário de 9 bilhões de riais, mas se os preços do barril do petróleo permanecerem acima dos 100 dólares, o excedente real de 2013 será bem maior.

(Reportagem de Angus McDowall)

Mais conteúdo sobre:
ARABIASAUDITA ORCAMENTO 2013*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.