Arcebispo belga é investigado por suposto abuso

A polícia de Bruxelas realizou hoje buscas na casa e no antigo escritório do ex-arcebispo da Bélgica, Godfried Danneels, que se aposentou recentemente. Foram levados documentos e um computador pessoal como parte de uma investigação sobre o abuso sexual de crianças por padres da Igreja Católica no país, disseram funcionários do governo.

AE-AP, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 18h50

Os promotores responsáveis pelo caso e a polícia não disseram se o ex-arcebispo é suspeito de ter cometido abusos ou de simplesmente ter registros de acusações contra outras pessoas. A polícia não interrogou Danneels em sua casa na cidade de Mechlin, ao norte de Bruxelas, disse Hans Geybels, porta-voz do ex-arcebispo. Geybels informou também que o religioso tem cooperado com as investigações.

Tudo o que sabemos sobre:
pedofiliaigrejaBélgica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.