Arcebispo do México é eleito novo presidente do Celam

O novo presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) é o arcebispo do México, d. Carlos Aguiar Retes, também presidente da Conferência Episcopal Mexicana. Ele foi eleito na Reunião Ordinária do Celam, em Montevidéu, em substituição ao cardeal d. Raymundo Damasceno Assis, arcebispo de Aparecida (SP) e, desde a semana passada, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

JOSÉ MARIA MAYRINK, Agência Estado

19 de maio de 2011 | 19h06

Foram eleitos ainda o 1.º vice-presidente, d. Rubén Salazar Gómez, arcebispo de Bogotá e atual presidente da Conferência Episcopal da Colômbia, e o 2.º vice-presidente, d. Dimas Lara Barbosa, recém-nomeado arcebispo de Campo Grande (MS), ex-secretário-geral da CNBB. O secretário-geral será o chileno d. Santiago Silva Retamales, bispo auxiliar de Valparaíso.

Na semana passada, a 49.ª Assembleia Geral da CNBB escolheu para delegado do episcopado brasileiro no Celam o arcebispo de Mariana (MG), d. Geraldo Lyrio Rocha, e para suplente, o bispo de Jales (SP), d. Demétrio Valentini. A presidência do Celam tem mandato de quatro anos, sem reeleição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.