Argélia suspende estado de emergência depois de 19 anos

A Argélia retirou na quinta-feira o estado de emergência depois de 19 anos, em uma concessão à oposição para frear uma onda de protestos que está afetando o mundo árabe.

REUTERS

24 de fevereiro de 2011 | 17h52

A ordem presidencial que deixa sem efeito o estado de emergência entrou em vigor depois de ter sido publicada no Diário Oficial.

O fim dos poderes emergenciais era uma das demandas dos grupos opositores que têm organizado protestos semanais na capital do país, na esteira das manifestações no Egito e na Tunísia.

Porém, um dos organizadores dos protestos disse à Reuters nesta semana que suspender o estado de emergência não era suficiente, e que o governo deve permitir mais liberdades democráticas.

(Reportagem de Christian Lowe)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGELIAESTADOEMERGENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.