Arqueólogos encontram cidade perdida no Peru

Construção seria uma das mais antigas das Américas e estava debaixo de outra ruína.

Da BBC Brasil, BBC

29 Fevereiro 2008 | 17h15

Uma grande estrutura circular construída há 5,5 mil anos foi descoberta nesta semana no Peru. A construção seria uma das mais antigas das Américas.O local foi descoberto por arqueólogos peruanos e alemães debaixo de outra ruína, conhecida como Sechin Bajo, em Casma, a 370 quilômetros da capital, Lima."Na realidade, esse monumento tem uma arquitetura extraordinária, que começou provavelmente nas construções mais arcaicas e se prolongou pela época mais formativa", afirmou o arqueólogo German Yenque.Antes da nova descoberta, a cidade de Caral era considerada a mais antiga da civilização ocidental, com cerca de 5 mil anos.O Peru tem diversos sítios arqueológicos, e muitos deles precedem o poderoso império Inca, que atingiu o seu auge no século 16, antes da invasão dos espanhóis.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
peruarqueologiacaralsechin bajo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.