Arrecadação federal aumenta quase 10% em março

O governo federal arrecadou 70,984 bilhões de reais em impostos e contribuições em março, um aumento de 9,69 por cento sobre igual período do ano passado, informou a Receita Federal nesta terça-feira.

REUTERS

19 de abril de 2011 | 11h04

Os dados são corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O volume levantado com a cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), exceto vinculado, totalizou 8,016 bilhões de reais em março, crescimento de 28,34 por cento sobre o mesmo período de 2010.

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) somou arrecadação de 6,615 bilhões de reais, alta anual de 7,13 por cento, e o Cofins-Pis/Pasep totalizou 48,143 bilhões de reais, avanço de 11,13 por cento.

O Imposto de Renda de pessoas físicas teve arrecadação de 2,641 bilhões de reais no mês, elevação de 30,64 por cento sobre março do ano passado.

O IR cobrado de pessoa jurídica, somado à Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), totalizou 46,467 bilhões de reais, alta de 19,87 por cento.

A receita acrescentou que no acumulado do primeiro trimestre, a arrecadação federal somou 228,155 bilhões de reais, expansão de 11,96 por cento sobre os 203,788 bilhões de reais de igual período do ano passado.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Mais conteúdo sobre:
MACROARRECADACAOATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.