Arrendamento ilegal de terras é denunciado

Índios e fazendeiros de Dourados foram denunciados ontem pelo Ministério Público à Justiça Federal pelo arrendamento de terras localizadas em reservas indígenas. A prática é crime, conforme prevê o inciso XI do artigo 20 da Constituição. Os fazendeiros são acusados do arrendamento no valor de R$ 2,6 milhões. A pena é de detenção de 1 a 5 anos, além de multa.

, O Estadao de S.Paulo

21 de outubro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.