Árvores doentes dos Jardins serão removidas

A Secretaria do Verde e Meio Ambiente vai remover 322 árvores doentes da região dos Jardins, no quadrilátero delimitado pelas Avenidas 9 de Julho, Brigadeiro Faria Lima e Rebouças e pela Rua Estados Unidos. O número veio de um estudo do IPT realizado em parceria com a Associação de Moradores dos Jardins (AME Jardins) que vistoriou 2,2 mil árvores e detectou a necessidade de remoção dessas 322 árvores em "estado de emergência", além do corte de 11 árvores mortas, que já foi feito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.