Assad não acredita em intervenção estrangeira na Síria, diz TV russa

O presidente sírio, Bashar al-Assad, disse que não vê o Ocidente embarcando em uma intervenção militar na Síria e alertou que o custo desta ação seria insustentável, noticiou a emissora de TV russa Russia Today, nesta quinta-feira, citando uma entrevista com ele.

Reuters

08 de novembro de 2012 | 09h23

"Acho que o curso de uma invasão estrangeira na Síria --caso aconteça-- seria maior do que o mundo inteiro poderia suportar... Isto terá um efeito dominó que irá afetar o mundo do Atlântico ao Pacífico", afirmou.

"Eu não acredito que o Ocidente esteja indo nessa direção, mas se estiverem, ninguém pode dizer o que acontecerá depois", disse. Os comentários foram publicados em árabe no site do canal Russia Today.

(Por Tom Perry)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAASSADENTREVISTARUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.