Assembleia Nacional nomeia comissão eleitoral na Tunísia

A Assembleia Nacional da Tunísia nomeou nesta quarta-feira uma comissão eleitoral para monitorar as eleições deste ano, um importante passo na transição do país à democracia três anos depois de suas manifestações da Primavera Árabe.

Reuters

08 de janeiro de 2014 | 21h09

Formar a comissão era a principal parte de um acordo para superar meses de crise política entre o partido governista islâmico Ennahda e sua oposição secular.

Sob o acordo para acabar com o impasse, o governo da Tunísia deverá renunciar em breve e entregar o poder a um gabinete interino não-político que governará o país até a realização de novas eleições no fim do ano.

(Reportagem de Aziz El Yaakoubi)

Mais conteúdo sobre:
TUNISIACOMISSAOELEITORAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.