Assembléia põe fim à greve dos professores da USP

A paralisação dos docentes termina depois de duas semanas

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 17h01

Assembléia realizada na manhã desta segunda-feira, 11, decidiu pelo fim da greve dos professores da Universidade de São Paulo (USP), que começou no dia 23 de maio. Os docentes haviam se unido à paralisação de estudantes e funcionários da universidade. Na semana passada, já havia sido votado um indicativo de suspensão da greve. Os reitores ofereceram reajuste salarial de 3,37% à categoria. Já os estudantes, que permanecem acampados há 39 dias na reitoria da USP, farão mais uma assembléia amanhã, terça-feira, em frente ao prédio ocupado.

Tudo o que sabemos sobre:
uspgreveprofessores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.