Assembléias definirão rumo de greve dos aeroportuários

A greve parcial dos aeroportuários do País, que teve início à 0h desta quarta-feira, poderá ser encerrada ainda nesta manhã ou mesmo ampliada. A decisão será tomada após conclusão das assembléias, que serão realizadas a partir das 8h30 nos aeroportos que aderiram à paralisação, segundo o sindicato nacional da categoria. De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Francisco Lemos, uma proposta da Infraero foi entregue à direção do sindicato, que está analisando o texto. O conteúdo não foi divulgado, mas será repassado aos funcionários em greve durante as assembléias. A adesão no Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro, em Cumbica, Guarulhos, seria de 70% nesta madrugada, segundo Lemos.A categoria apresentou em maio uma proposta oficial à Infraero reivindicando reajuste salarial de 6% em reposição das perdas com a inflação, além de um aumento de 5,2%, correspondente ao crescimento do setor aéreo no País. Os trabalhadores também pedem revisão do valor do tíquete alimentação, de R$ 22 para R$ 25, e a implantação de um plano de carreiras. Os funcionários reivindicam ainda uma nova forma de avaliar a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) da empresa e a inclusão de um representante da categoria no conselho deliberativo.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

30 de julho de 2008 | 06h02

Tudo o que sabemos sobre:
greveassembléiasaeroportuários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.