Assentamentos derrubam a floresta

Levantamento feito pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) mostra que 15% do desmatamento registrado na Amazônia Legal até 2004 ocorreu dentro de assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O porcentual, segundo a organização, corresponde a 106.580 quilômetros quadrados - uma área equivalente à do Estado de Pernambuco.Os resultados são baseados em registros do Incra de 1970 até 2002 e imagens de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registradas entre 1997 e 2004, com o lançamento do projeto Prodes de monitoramento. Por isso, antes da qualquer análise, é preciso considerar as limitações das datas.

Agencia Estado,

18 de março de 2006 | 09h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.