Astrônomos descobrem planeta de fora do Sistema Solar mais próximo à Terra

Exoplaneta tem massa semelhante à da Terra, mas órbita de apenas 3,6 dias; distância para a Terra é de 4 anos-luz.

BBC Brasil, BBC

17 de outubro de 2012 | 08h09

Astrônomos do Observatório Europeu do Sul encontraram um planeta semelhante à Terra na órbita de uma estrela do sistema Alpha Centauri, o mais próximo ao Sistema Solar, a apenas quatro anos-luz de distância.

O planeta tem massa próxima à da Terra, mas tem uma órbita mais semelhante à de Mercúrio.

Segundo os pesquisadores, isso o deixaria fora da "zona habitável", o que descartaria a possibilidade de haver vida no planeta.

Os estudos recentes sobre os exoplanetas (planetas de fora do Sistema Solar) mostram porém que quando um planeta é identificado na órbita de uma estrela, é provável que haja outros, vários.

O novo estudo, publicado na revista Nature, começa a desvendar os antigos questionamentos sobre os planetas em torno das estrelas mais próximas do Sistema Solar.

A estrela mais próxima ao Sol é a Proxima Centauri, parte de um sistema com três estrelas que também inclui as estrelas maiores Alpha Centauri A e Alpha Centauri B.

O novo planeta foi encontrado perto de Alpha Centauri B pelos equipamentos do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) em La Silla, no Chile.

Ele é o mais próximo à Terra entre os mais de 800 exoplanetas já confirmados.

'Gêmea da Terra'

A órbita do planeta em torno de Alpha Centauri B é de apenas 3,6 dias, e a temperatura na superfície foi estimada em 1.200 graus Celsius.

Muitos planetas com órbitas semelhantes têm um lado permanentemente voltado à estrela hospedeira, mas os pesquisadores dizem que novas análises são necessárias para verificar se esse é o caso do novo planeta.

Desde que os primeiros planetas de fora do Sistema Solar foram descobertos no começo dos anos 1990, a esperança é de se encontrar um "gêmeo da Terra" - um planeta como o nosso, que orbita uma estrela semelhante ao Sol, em uma órbita semelhante à da Terra.

O novo planeta que orbita Alpha Centauri B tem apenas um desses atributos - massa semelhante à da Terra. Ele é um dos menores exoplanetas já descobertos.

Mas dentro do catálogo de centenas de planetas confirmados desde 1992 e milhares em processo de confirmação, a descoberta tem pouca importância, a não ser pela proximidade.

"Alpha Centauri B é claramente um caso especial - é nossa vizinha de porta", diz o astrônomo Stephane Udry, coordenador do estudo.

"É uma descoberta importante, porque é um planeta com uma massa muito pequena e é nosso vizinho mais próximo", observa. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.