Ataque de supostos membros do Boko Haram mata 10 em Camarões, diz rádio estatal

Supostos membros do grupo islamita nigeriano Boko Haram mataram 10 pessoas e sequestraram uma em um ataque na vila de Zigague, no remoto norte de Camarões, nesta quarta-feira, informou a rádio estatal.

REUTERS

06 Agosto 2014 | 18h43

Os pistoleiros fortemente armados chegaram em uma caminhonete e em motos por volta das 14h (horário local) e invadiram a casa de um chefe local, sequestrando um dos seus filhos e roubando um carro, disse um comandante do Exército à rádio estatal.

"No caminho de volta, eles se depararam com soldados camaroneses, mas conseguiram atirar e matar nove moradores e um soldado da Brigada de Intervenção Rápida", disse o diretor sênior da divisão para a região de Logone e Chari, Albert Mekondane Obounou, à rádio estatal.

Camarões introduziu medidas para aumentar a segurança na sua longa fronteira em região de floresta com a Nigéria, mobilizando mais de mil soldados, mas não conseguiu conter os ataques do Boko Haram.

O presidente de Camarões, Paul Biya, demitiu dois oficiais superiores do Exército no mês passado depois de ataques do Boko Haram em que pelo menos sete pessoas foram mortas e a mulher do vice-primeiro-ministro foi sequestrada.

(Reportagem de Tansa Musa)

Mais conteúdo sobre:
CAMAROESBOKOHARAMATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.