Ataque suicida deixa mortos em igreja Católica na Nigéria

Pelo menos um suicida dirigiu um carro carregado com explosivos até uma igreja Católica no norte da Nigéria, matando e ferindo várias pessoas neste domingo, disseram testemunhas e a polícia.

Reuters

28 de outubro de 2012 | 09h16

O sobrevivente Linus Lighthouse afirmou que dois agressores atingiram partes diferentes da igreja St Rita em Kaduna, uma cidade etnicamente volátil e com variedade de religiões. Eles invadiram o prédio, causando várias vítimas, segundo ele.

"Não posso dizer quantas vítimas, mas são muitas. A grande explosão também danificou muitos prédios no local", disse a testemunha.

Mas Aminu Lawal, um porta-voz policial, declarou que havia apenas um suicida e que não tinha sido confirmada nenhuma morte ainda.

Outra testemunha, Daniel Kazah, membro de cadetes da igreja, disse ter visto três corpos no chão ensanguentado do local. "E outros foram levados ao necrotério", disse.

Ninguém reivindicou imediatamente a autoria do ataque, mas a seita islâmica Boko Haram assumiu ataques similares no passado e atacou várias igrejas com bombas e armas desde que intensificou a campanha contra cristãos, no último ano.

(Reportagem de Garba Mohammed e Isaac Abrak)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIOATAQUEIGREJA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.