Atentado a bomba mata dois no Iêmen

Dois homens foram mortos no sul do Iêmen quando uma bomba que planejavam usar em um ataque às forças governamentais explodiu acidentalmente no fim do sábado, informou o Ministério do Interior do país em comunicado.

REUTERS

11 Março 2012 | 10h06

"Os corpos dos dois foram despedaçados na explosão, que ocorreu antes que eles fossem capazes de executar o ataque", disse o Ministério na nota publicada em seu site.

As forças de segurança do Iêmen, que enfrentam um crescimento da insurgência islamista, afirmaram que eles também detiveram quatro somalis perto do local da explosão, suspeitos de pertencer ao grupo militante al Shabaab. Não há indicação de que eles estejam envolvidos com o ataque a bomba, diz o mesmo comunicado.

O grupo somali, ligado ao al Qaeda, já enviou 300 homens armados para lutar ao lado do braço armado da rede militante no Iêmen.

A nota, entretanto, não deu detalhes se os homens estavam associados com o al Qaeda.

Ataques dos Estados Unidos mataram pelo menos 25 combatentes envolvidos com o al Qaeda no sul do Iêmen, onde militantes expandiram suas operações durante um ano de agitação que derrubou o ex-presidente Ali Abdullah Saleh.

(Reportagem de Mohammed Mukhashaf, em Aden, e Mohammed Ghobari, em Sanaa)

Mais conteúdo sobre:
IEMEN BOMBA MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.