Atentado com carro-bomba deixa ao menos 3 mortos na Somália

Um carro-bomba explodiu nesta terça-feira perto de um prédio que abriga ministérios na capital da Somália, Mogadíscio, matando pelo menos três pessoas. Foi o segundo ataque do tipo na cidade este mês.

REUTERS

18 Outubro 2011 | 11h33

"Um carro-bomba explodiu em frente do edifício que abriga o Ministério de Relações Exteriores e o Ministério do Planejamento", disse à Reuters o policial somali Mohamed Adam.

O lojista Farah Hussein afirmou ter visto três corpos, e um deles, que parecia ser o do homem-bomba.

"Eu vi três mortos, inclusive o do homem que dirigia o carro-bomba e que estava todo queimado e destroçado", disse Hussein à Reuters.

"Entre os mortos está uma pessoa que vendia objetos num carrinho de mão e um pedestre. A rua é movimentada e sempre tem muito tráfego. Felizmente, não havia muitos pedestres no momento", declarou.

Em 4 de outubro a explosão de um caminhão-bomba ao lado de um edifício governamental matou mais de 70 pessoas. Os rebeldes do grupo Al Shabaab assumiram a autoria desse ataque.

(Reportagem de Mohamed Ahmed)

Mais conteúdo sobre:
SOMALIA ATENTADO CAPITAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.