Atingidos por chuva em SC começam a receber recursos

Primeira parcela do 'Auxílio Reação' pagará R$ 415,00 às famílias atingidas pelas enchentes no estado

AE, Agencia Estado

27 Dezembro 2008 | 12h25

Famílias atingidas pelas chuvas em Santa Catarina começam a receber a partir de segunda-feira o chamado "auxílio reação", organizado pelo governo do Estado com recursos das doações depositadas nas contas oficiais do Departamento Estadual de Defesa Civil. A primeira parcela será de R$ 415,00 e os beneficiados poderão retirar o dinheiro nas agências do Banco do Brasil, nos municípios afetados.   Veja também: Famílias vítimas de chuvas em SC receberão auxílio de R$ 415 Número de casos de leptospirose bate recorde em SC SC pede ações emergenciais para atender desempregados Câmara aprova MP que libera crédito para Santa Catarina Acusados de furtar doações devem responder por crime militar Saiba como ajudar as vítimas das chuvas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas      Para ter direito ao benefício, o cidadão precisa ter seu CPF cadastrado pela prefeitura de sua cidade. As prefeituras dos municípios atingidos são responsáveis por cadastrar as famílias que se enquadram nos critérios previstos. De acordo com a medida provisória (MP) 148, que regulamenta o auxílio reação, têm direito ao benefício as famílias com renda de até três salários mínimos, que perderam seus locais de residência e não estão em abrigos. Segundo nota da Secretaria Executiva da Justiça e Cidadania de Santa Catarina, 68 prefeituras receberam orientações da própria secretaria e da Defesa Civil sobre os procedimentos para requisição do benefício. Mas, até o momento, apenas 19 prefeituras cadastraram famílias aptas a receber o auxílio: Antônio Carlos, Benedito Novo, Brusque, Camboriú, Canelinha, Garuva, Imbituba, Itapema, Luiz Alves, Massaranduba, Nova Trento, Orleans, Palhoça, Piçarras, Rio dos Cedros, Rodeio, São João Batista, São José e Timbó. O cadastro deve continuar sendo realizado pelas prefeituras em janeiro.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Santa Catarina ajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.