Atividade industrial da China sobe pelo 8º mês

A atividade industrial da China continuou a se expandir em novembro, apoiada pelo fortalecimento da demanda nos mercados interno e externo, de acordo com duas pesquisas nacionais.

DOW JONES NEWSWIRES, PEQUIM, O Estadao de S.Paulo

02 Dezembro 2009 | 00h00

O índice de atividade industrial dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) da China, divulgado pelo banco HSBC, subiu para 55,77 em novembro, de 55,4 em outubro, informou nesta terça-feira a instituição. Novembro foi o oitavo mês consecutivo em que o PMI ficou acima de 50, depois de ficar abaixo desse nível por oito meses. O resultado do PMI acima de 50 indica que o setor industrial está crescendo, enquanto um resultado abaixo indica contração.

A pesquisa da Federação Chinesa de Logística & Compra (CFLP, na sigla em inglês) apontou que o PMI oficial da China ficou inalterado em 55,2 em novembro comparado com outubro, marcando o nono mês consecutivo no qual o indicador ficou acima de 50.

As duas pesquisas mostram que as encomendas continuaram a crescer em novembro e o emprego melhorou. No entanto, os preços das matérias-primas subiram rapidamente, o que pode contribuir para as pressões inflacionárias.

"A melhora sustentada do PMI do HSBC sinaliza que a recuperação da China se consolidou", disse Qu Hongbin, economista-chefe do HSBC no país. Para o analista da CFLP, Zhang Liqun, o indicador da federação mostra que "a tendência futura de recuperação econômica pode ter se consolidado". Ele considerou "uma mudança positiva" a melhora contínua na produção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.