Ativistas fazem 5.ª-feira 4.º ato por redução de tarifa

Em Florianópolis, representantes da Frente de Luta pelo Transporte Público e do Movimento Passe Livre (MPL) anunciaram para esta quinta-feira, 4, o quarto ato pela redução imediata dos preços das passagens de ônibus. A concentração dos manifestantes terá início às 16 horas, em frente ao Terminal Integrado do Centro (Ticen).

JÚLIO CASTRO, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

03 de julho de 2013 | 18h25

Além da redução do preço, os manifestantes exigem a criação de um grupo de trabalho para discutir o projeto "tarifa zero" com a prefeitura. O prefeito César Souza Júnior (PSD)alega que não tem como reduzir o preço das passagens e que um novo patamar será discutido após a conclusão do processo licitatório de concessão às empresas que operam o transporte público que será concluído no fim de 2013. Manifestantes defendem uma reforma progressiva dos impostos, com o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de setores empresariais de alta renda para se criar um fundo que possa financiar o setor e permitir que seja aplicada a gratuidade no transporte público em Florianópolis.

Mais conteúdo sobre:
ProtestostarifasSC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.