Ato do MTST reúnde 2300 pessoas na Grande SP

A manifestação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) na zona sul de São Paulo reúne cerca de 2300 pessoas na manhã desta quarta-feira, 22. Por volta das 09h30, o ato bloqueava duas faixas da Avenida João Dias no sentido Bairro.

AE, Agência Estado

22 de janeiro de 2014 | 09h45

Os participantes do protesto usam tambores, carros de som e megafones para chamar a atenção para o movimento. Eles pretendem seguir em direção ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual que fica na região do Morumbi.

A concentração começou por volta das 07h30 em dois pontos da Grande São Paulo. Segundo a Polícia Militar, um grupo de dois mil manifestantes está reunido na via próximo ao Terminal João Dias, na zona sul da capital. Outros 300 integrantes do movimento estão no Largo do Taboão, no município de Taboão da Serra, e não há previsão de quando vão começar a marcha.

Na página do MTST no Facebook, o grupo explica que o objetivo do ato é exigir melhorias na política de habitação do Estado. Eles reivindicam mais recursos para a construção de moradias, apoio técnico a projetos do movimento, a desapropriação de terrenos para a construção de novas casas populares e o auxílio moradia para famílias em situação de despejo.

Mais conteúdo sobre:
ProtestoMTSTSPAtualiza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.