Ato em São José dos Campos tem 20 mil manifestantes

Cerca de 20 mil manifestantes, de acordo com a Polícia Militar (PM), participam neste momento da manifestação pela redução da tarifa do transporte público em São José dos Campos, no Vale do Paraíba (SP), onde, por volta das 18 horas houve paralisação do trânsito na Rodovia Presidente Dutra. A concentração para o ato começou por volta das 16h30, na Praça Afonso Pena, no centro da cidade, mas muitos comerciantes tinham fechado as portas às 14h30, temendo depredações. A polícia, no entanto, não registrou até o momento, nenhum caso de vandalismo.

JOÃO CARLOS DE FARIA, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

20 de junho de 2013 | 19h53

Em Taubaté, às 18 horas, cerca de 10 mil manifestantes, segundo a PM, saíram da Praça Santa Terezinha e deveriam passar por algumas das principais avenidas, incluindo uma parada no terminal rodoviário urbano, finalizando com um ato na Praça Dom Epaminondas, no centro da cidade. Até ás 19 horas, nenhum ato de vandalismo tinha sido observado.

O momento mais tenso aconteceu quando os manifestantes passaram em frente ao prédio da Câmara Municipal. Alguns estavam mais exaltados, mas aos gritos de "sem violência" e sentados no chão, os demais os convenceram a não a praticar nenhum ato de depredação. Conforme policiais militares que formavam uma barreira em frente ao prédio, nada foi quebrado ou danificado. Outras cidades do Vale do Paraíba também realizam atos de protestos. Em Jacareí, a Rodovia Geraldo Scavone foi fechada e moradores do bairro Rio Comprido queimaram pneus e interditaram a estrada.

Tudo o que sabemos sobre:
ProtestosSPVale do Paraíba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.