Ator Cláudio Marzo morre aos 74 anos no Rio

O ator Cláudio Marzo faleceu às 5h39 deste domingo, na Clínica São Vicente, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. O ator estava internado desde o início de março e foi vítima de um enfisema pulmonar. Segundo a assessoria de imprensa da clínica, o corpo do ator será cremado, respeitando um pedido feito por Marzo a seus filhos. Ainda não há informações sobre o velório e a cerimônia de cremação.

IDIANA TOMAZELI, Estadão Conteúdo

22 de março de 2015 | 14h25

No ano passado, Cláudio Marzo já havia sido internado diversas vezes na Clínica São Vicente. Seu último trabalho na televisão foi em 2008 na série "Guerra e Paz", da Rede Globo. Em 2007, ele interpretou Ramalho Jr. na minissérie "Amazônia, de Galvez a Chico Mendes". No mesmo ano, ele trabalhou na novela "Desejo Proibido".

O ator também integrou o elenco de novelas como Irmãos Coragem (1970), Plumas & Paetês (1980) e Pantanal (1990). Marzo foi casado com a atriz Betty Faria, com quem tem uma filha, Alexandra. Ele também foi casado com a atriz Denise Dumont, com quem teve um filho Diogo. O ator ainda é pai de Bento, fruto de seu casamento com a atriz Xuxa Lopes.

Mais conteúdo sobre:
Cláudio Marzomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.