Ator Gary Coleman volta a ser preso em Utah

O ex-astro infantil da TV Gary Coleman passou novamente uma noite atrás das grades, em Utah, onde vive, por causa de acusações de violência doméstica, segundo registros carcerários locais.

REUTERS

25 de janeiro de 2010 | 19h48

A polícia de Santaquin, Utah, onde o ex-ator de "Diff'rent Strokes" tem casa, disse ter detido Coleman no domingo, cumprindo um mandado anterior, depois de atender a um telefonema denunciando confusão na residência dele.

"Durante o andamento da investigação, descobrimos que ele faltou (a uma audiência relativa a) um mandado por uma contravenção e simplesmente o colocamos na cadeia", disse o sargento Kris Johnson na segunda-feira.

Não há detalhes da confusão de domingo. Mas os registros carcerários do Condado de Utah mostram que Coleman, de 41 anos, foi detido por acusações relativas a violência doméstica e deveria pagar fiança de 1.725 dólares.

Coleman, que se casou em 2007 com Shannon Price, já havia sido acusado de perturbação da ordem naquele ano devido a uma discussão com a mulher. No ano seguinte, o casal foi ao programa de TV "Divorce Court", onde contou suas dificuldades conjugais.

Price também foi detida, em julho, por suspeita de violência doméstica e perturbação da ordem após uma acalorada discussão com Coleman.

O sargento Kris Johnson disse que nenhuma acusação foi imputada ainda por causa do novo incidente.

(Reportagem de Basil Katz)

Tudo o que sabemos sobre:
GARYCOLEMAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.