Atualização do Windows causou pane no Skype, diz empresa

Muitos usuários se conectaram ao mesmo tempo após instalar pacote do Windows Update

Associated Press

20 Agosto 2007 | 14h14

O pane de dois dias que afetou 220 milhões de usuários do Skype foi causado pelo grande número de pessoas que tentaram acessar o programa ao mesmo tempo, depois de instalar a atualização do Windows, emitida pela Microsoft, e reiniciar o computador. Foi a explicação dada pela empresa de telefonia na internet nesta segunda-feira, 20.   O apagão do sistema começou na quinta-feira passada e terminou no sábado. Durante esse período, foi impossível enviar a receber mensagens e fazer ligações.   A empresa Skype Ltda., sediada em Luxemburgo, é uma das companhias controladas pelo eBay e mentém média de 5 a 6 milhões de usuários conectados ao mesmo tempo. Em janeiro, o Skype informou que o recorde de usuários online simultaneamente havia sido atingido, 9 milhões.   Em um post no Heartbeat blog, o empresário Villu Arak disse que o problema não foi causado por hackers ou qualquer outra atividade maliciosa. Ao contrário, afirmou que o pane começou com a "reinicialização massiva dos computadores de nossos usuários em período de tempo muito pequeno". Os computadores foram reiniciados, segundo ele, "após baixarem uma atualização rotineira do Windows Update", escreveu às 9h45 (horário de Brasília).   "O grande número de reinicializações afetou a rede do Skype. Isso causou uma avalanche de logins no sistema, que, combinados ao problema da rede peer-to-peer, provocou uma reação em cadeia com impacto crítico", disse Arak.   O empresário não culpou a Microsoft pelos problemas. Ele disse ainda que a rede do Skype está prevenida para incidentes como esse, mas uma pequena falha prévia não identificada no software deixou o sistema vulnerável.   O pane foi um momento crítico para a companhia, fundada em 2003 por Niklas Zennstrom e Janus Friis, e o maior desde outubro de 2005, quando os serviços saíram do ar por apenas algumas horas.   "Esse bug não tem precedentes no que diz respeito ao impacto e área atingida", escreveu Arak. "Gostaríamos de salientar que, hoje, poucas ferramentas de comunicação em rede têm garantia de funcionar sem interrupções."

Mais conteúdo sobre:
Skype eBay Acesso Microsoft Windows

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.