Autorizada Sabesp a captar R$ 391 mi para Onda Limpa

O Senado autorizou a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) a contrair um empréstimo de até 19,169 bilhões ienes - R$ 391,228 milhões - da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). Os recursos serão usados para financiar parte do Programa de Recuperação Ambiental da Região Metropolitana da Baixada Santista - Fase II (Onda Limpa II). A autorização foi publicada ontem no Diário Oficial da União.

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 12h25

A operação, que tem como garantidor a União, possui as seguintes condições: desembolso até março de 2012; juros de 1,8% ao ano sobre os recursos alocados na categoria "estações de tratamento de esgoto" e de 2,5% ao ano para os investimentos relacionados à rede de esgoto; e amortização em 37 parcelas semestrais, com início do pagamento anos após a assinatura do contrato de financiamento da primeira fase do programa - essa assinatura ocorreu em 2004.

O Programa Onda Limpa é um projeto de recuperação ambiental do litoral paulista. Segundo a Sabesp, o programa demandará R$ 1,9 bilhão em investimentos, sendo R$ 1,4 bilhão para a Baixada Santista e R$ 500 milhões para o Litoral Norte, com o objetivo de ampliar a coleta e o tratamento de esgoto nessas regiões. As obras estão previstas para serem concluídas em dezembro de 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.