Auxiliar administrativo é morto por bandidos

Sérgio Ricardo da Silva, de 38 anos, foi abordado enquanto esperava a filha na porta de casa

Ricardo Valota, estadao.com.br

06 Janeiro 2009 | 05h54

O auxiliar administrativo Sérgio Ricardo da Silva, de 38 anos, foi encontrado morto na noite desta segunda, 5, com quatro tiros na cabeça dentro de seu Fiat Pálio no Jardim das Imbuias, na zona sul da capital paulista, a 800 metros de sua casa. Segundo a Polícia Civil, o crime foi cometido por dois desconhecidos que abordaram a vítima na porta de casa.Quando foi abordado pelos criminosos, o auxiliar esperava pela filha de 9 anos, que teve de entrar no imóvel para buscar um objeto. Ao retornar, a menina viu dois homens entrando no carro do pai e, sob ameaça dos desconhecidos, foi obrigada a retornar para o interior da casa. A polícia foi acionada, e minutos depois Ricardo foi encontrado morto dentro do carro, abandonado pelos assassinos. Não se sabe ainda se Ricardo tentou reagir ou se a intenção da dupla era mesmo matar o auxiliar administrativo. O caso foi registrado no 101º Distrito Policial de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
violênciaSPmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.