Avião da Malásia não estava voando em espaço aéreo restrito, diz Iata

A entidade mundial para o setor aéreo afirmou que o avião derrubado na Ucrânia estava em espaço aéreo aberto

REUTERS

17 de julho de 2014 | 16h15

A entidade mundial para o setor aéreo afirmou nesta quinta-feira que o avião de uma companhia aérea da Malásia abatido na Ucrânia parecia estar voando em espaço aéreo aberto quando caiu.

"Com base na informação disponível no momento, acredita-se que o avião atravessava espaço aéreo que não era sujeito a restrições", disse em comunicado a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), com sede em Genebra.

(Reportagem de Tim Hepher)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAIATAAVIAOMALASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.