Avó de 59 anos dá à luz a neta no interior de São Paulo

Aposentada Eunice Martins fez cesariana em Ribeirão Preto, após 36 semanas de gestação

Brás Henrique RIBEIRÃO PRETO, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

A aposentada Eunice Martins, de 59 anos, de Franca (SP), deu à luz sua própria neta, Alice, gerada para a filha. O parto, uma cesariana, realizada após 36 semanas de gestação, ocorreu na Maternidade Sinhá Junqueira, em Ribeirão Preto.

Alice nasceu com 2,285 quilos e 45 centímetros e ficará 48 horas em observação. Dentro de um mês, a menina e os pais seguirão para a Itália, onde moram.

A filha de Eunice, a esteticista Tatiana Cristina Andrade, de 32 anos, não podia engravidar, pois perdeu o útero em uma cirurgia. Por isso, foi feita uma fertilização in vitro com óvulos de Tatiana e espermatozoides do genro, o corretor de seguros Guido Damiano, de 41 anos. Essa gravidez foi a terceira tentativa nos últimos dois anos.

"É maravilhoso, só uma mãe faz isso. Minha mãe me deu a vida duas vezes - quando eu nasci e, agora, com a minha filha", disse Tatiana.

Como já está na menopausa, Eunice passou por um tratamento de estimulação hormonal para receber o embrião. O casal acompanhou a gestação pela internet e há um mês chegou ao Brasil para acompanhar o parto.

O ginecologista e obstetra Fernando Marcos Gomes contou que a decisão pela cesariana foi de Eunice, que estava insegura com o parto normal. "Foi uma decisão dela e nós respeitamos." O parto foi antecipado porque Eunice sentia dores nas pernas. A gravidez foi de alto risco, principalmente pela idade da avó.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.