Avô de Isabella será o primeiro a depor no 9º DP de SP

O advogado Antônio Nardoni, avô de Isabella Nardoni, será o primeiro a depor hoje sobre o caso no 9º Distrito Policial (DP), no bairro Carandiru, na zona norte de São Paulo. A tia da menina, Cristiane Nardoni, falará depois. Pai e filha chegaram juntos à delegacia, por volta das 16h20. O carro em que estavam foi acompanhado e cercado por populares e pela imprensa no pátio da delegacia. Eles desceram sob xingamentos e entraram pela porta lateral do DP.Antônio Nardoni e a filha esperam sua vez de falar em uma sala no 2º andar da delegacia, já que ainda não terminaram os depoimentos de dois vizinhos de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta de Isabella, no edifício London, de onde Isabella foi jogada. O casal foi indiciado na sexta-feira pelo homicídio da criança, no dia 29 de março.

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

23 de abril de 2008 | 17h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.