Imagem Luiz Horta
Colunista
Luiz Horta
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Azeitonas em alta voltagem

Gerente do Volt, Fábio Dias não resiste e acaba atuando também como barman

Luiz Horta,

09 de dezembro de 2010 | 10h29

 

"Não entrei na onda do molecular", foi uma das primeiras frases que Fábio Dias me disse. Ele é perfeccionista, amante dos clássicos executados com exatidão: "Uma vez pedi um martíni e veio numa taça de vinho, não dá".

Gerente do Volt, bar muito agradável, pequeno, decorado com neons originais da Rua Augusta comprados pelo proprietário, Facundo Guerra, Fábio não resiste e acaba atuando também como barman para zelar pela qualidade dos drinques. "Acho, por exemplo, que o gim supergelado desequilibra a bebida, por isso gelo as taças e só uso pedras grandes para misturar, pois elas grudam uma na outra e não diluem o coquetel. No bloody só uso molho inglês Lea & Perrins."

Vê-lo em ação é uma aula de coquetelaria focada, nada de pirotecnias. "Não adianta o barman que faz malabarismos, cospe fogo, faz mágicas e depois serve uma bebida malfeita." Ele conta as quatro gotas de vermute com a colher, no olho, machuca as azeitonas ("uma das belezas sutis do dry martíni é a fina névoa de óleo") e mexe com delicadeza. Seu dry me encantou. O uísque sour é com clara, bem batida. "Aprendi com minha mãe fazendo bolo, tem muito sour com gosto de ovo, o meu, não." Depois de executar com perfeição os coquetéis favoritos do Glupt!, admitiu que tem criações. "Meu predileto é o chalalá, inspirado nos neons, colorido, com redução de maracujá e gengibre, feita aqui mesmo, tequila, cointreau e batido com muito gelo, até a mão não conseguir segurar a coqueteleira, de tão gelada." Mais um para minha lista...

 

 

Veja também:

linkAo vencedor, um trivial pargo com limão-cravo

linkSofisticação gelada

linkNão deu para escapar? Relaxe e beba

linkEstá de drinques comigo?

linkDê um banho de loja no seu bar

link'Panelinha' vai para perto do fogão

blog Siga o blog do Paladar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.