Bala perdida e fogo de artifício matam duas no RS

Uma bala perdida disparada cerca de 20 minutos após a meia-noite de ontem matou Dalva da Rosa Gonçalves em São Luiz Gonzaga, cidade de quase 40 mil habitantes no noroeste gaúcho. Durante comemoração da virada do ano, outra morte foi registrada na praia de Santa Terezinha, litoral norte gaúcho, onde Yara Therezinha Gonçalves Ramos, de 77 anos, anos foi atingida por fogo de artifício no jardim de casa, pouco antes da meia-noite.Dalva, de 20 anos foi atingida pela projétil enquanto jantava com o namorado e familiares no pátio de uma residência. Ela morava na cidade vizinha de Santo Antônio das Missões e tinha ido a São Luiz Gonzaga para a comemoração de ano-novo. Os vizinhos ouvidos pela Polícia Civil negaram que tenham feito disparos. No caso de Yara Therezinha, não foi identificada a origem do fogo de artifício que a atingiu. Ela chegou a ser levada para atendimento em hospital de Tramandaí, mas não resistiu aos ferimentos.

SANDRA HAHN, Agencia Estado

01 de janeiro de 2008 | 16h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.