Balões de ar quente cruzam o Canal da Mancha

Tentativa de recorde reuniu 75 equipes que saíram da Inglaterra rumo à França.

BBC Brasil, BBC

08 de abril de 2011 | 15h00

Na tentativa de entrar para o livro dos recordes, 75 balões de ar quente partiram de Kent, na Inglaterra, e voaram até Calais, na França, na quinta-feira.

O evento reuniu balonistas de toda a Europa e balões de todas as cores e feitios.

O pai da ideia foi o policial aposentado Ian Sharpe, balonista há oito anos, com auxílio do diretor da empresa Airborne Balloon Flights, Steve Richards.

Sharpe participou da primeira travessia em grupo há seis anos e queria repetir a dose.

Dessa vez, com tempo nas mãos, ele decidiu organizar o evento e pediu ajuda a Richards, o organizador da travessia anterior.

A travessia bem-sucedida aconteceu ao fim de 14 meses de trabalho, após diversos alarmes falso por causa do mau tempo.

Com a exceção de um balão, todos os outros chegaram a Calais em cerca de quatro horas.

Por problemas técnicos, apenas um teve que pousar em Dover.

Se confirmado pela Guinness World Records, o evento pode entrar para o livro dos recordes como a maior travessia do Canal da Mancha em balões de ar quente.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.